Funilaria e pintura: seu carro amassou ou arranhou durante a viagem? Não se preocupe!

Mesmo dirigindo com muito cuidado e atenção, é quase impossível não ter algum amassado ou arranhado no carro, pelo menos uma vez.

Atritos na estrada, no estacionamento e até animais de estimação podem ser a causa de danos no automóvel. Mas não se preocupe. Com os serviços de funilaria e pintura, seu carro ficará novo de novo.

Quais serviços de funilaria e pintura são feitos no carro

Nem sempre é necessário repintar a lataria inteira. Dependendo do tamanho e da profundidade do amassos e dos arranhões, pequenos reparos de funilaria e pintura resolvem o caso. O mercado oferece uma variedade de tintas com tecnologias que dão conta do recado.

Apenas retocar a pintura se tornou algo comum, principalmente porque arranhões e amassos podem ser frequentes, e o bolso não aguenta tanta repintura.

Por isso, há quatro serviços que resolverão o seu problema: micropintura, polimento, pintura e martelinho de ouro.

Micropintura: o que é e quais são suas vantagens

Inovação tecnológica na pintura de veículos, a micropintura automotiva é altamente indicada para solucionar riscos, arranhões e pequenas marcas que podem aparecer na lataria do seu carro, por mais cuidadoso que você seja.

A micropintura é um processo mais rápido que os procedimentos utilizados na funilaria e possui duas vertentes:

  • Spot repair: repara somente a parte danificada utilizando a lixa, a pistola de ar comprimido e o verniz. Com este método, não é necessário repintar a peça inteira;
  • Aerógrafo: ferramenta parecida com uma caneta, o aerógrafo é muito mais preciso e simples de ser manuseado, em comparação à pistola de ar. Seu uso dispensa a lixa.

Além de ser mais rápida que o serviço tradicional, a proteção para pintura automotiva com micropintura também tem ótimo custo-benefício, pois é mais barata que o serviço de funilaria tradicional e ainda mantém a originalidade do carro, visto que não é possível perceber a reparação.

Polimento: remove pequenos arranhões?

O polimento automotivo é um método utilizado para remover sujeiras, manchas, riscos e arranhões da lataria do carro, desde que sejam superficiais.

O que determina se o risco é profundo ou superficial, e qual método é o mais indicado, é a camada de verniz da tinta. Tudo depende também de quantas vezes você já poliu o seu carro, já que é indicado que o serviço seja feito, no máximo, 3 vezes.

Martelinho de ouro e os pequenos amassos

Técnica desenvolvida em fábricas de carro para retirar pequenos amassados onde a tinta não foi danificada, esta técnica é a que tem o melhor preço, pois não utiliza lixas, massa ou enchimento.

Para desamassar a lataria, algumas pancadinhas leves são dadas na parte interna, colocando, assim, a parte amassada de volta ao lugar. A principal vantagem deste método é que não deixa vestígios nenhum de reparação.

Pintura automotiva: quando optar por esse serviço?

Há muitas dúvidas em relação a quando é necessário optar pela repintura da peça ou do veículo. Por ser a opção mais cara e demorada, a pintura automotiva é sempre considerada a última opção.

Mas se a batida ou o arranhão danificaram a pintura do seu veículo, é necessário recorrer aos métodos de funilaria e pintura, que, além de repararem a parte amassada, realizam a repintura daquela peça, deixando-a novinha em folha.

Como proteger a pintura do carro?

Para proteger a pintura do carro e passar mais tempo sem ter que se preocupar com arranhões, riscos e machas, a R3 Tratamento Automotivo oferece serviços de:

  • Revitalização;
  • Enceramento;
  • Renova.

Ficou em dúvida sobre qual serviço utilizar para desamassar ou eliminar aqueles arranhões do seu veículo que tanto te incomodam?

Traga o seu carro para a R3 Tratamento Automotivo. Estamos localizados na zona sul de São Paulo, Avenida Nossa Senhora do Sabará, número 1138.

Aqui, avaliaremos o seu carro e ofereceremos a melhor opção com o melhor custo-benefício.